Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 8 de dezembro de 2009



Perfeccionismo

"Não podemos nos examinar de perto demais ou vamos parar de viver, parar de fazer tudo. Como os sábios que ficavam sentados em uma pedra e não se mexiam. Não sei se isso é tão sábio também. Eles descartam o óbvio, mas algo faz com que o descartem. Em um certo sentido, são uma mosca fodendo a si mesma. Não há fuga, ação ou falta de ação. Temos que nos considerar como uma derrota: qualquer lance no tabuleiro leva a um xeque mate."

Nenhum comentário:

Postar um comentário