Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 15 de julho de 2009







Bares

"Para as fêmeas eu não mais existo, e a maior parte da culpa é minha. Não vou a danceterias, bazares de igreja, leituras de poesias, love-ins e essa merda toda, e é aí onde as putas batalham. Eu costumava agir nos bares ou no trem, voltando de Del Mar, qualquer lugar onde tinha gente bebendo. Agora não consigo mais agüentar os bares. Esses caras apenas sentados alí, sozinhos, passando horas, esperando que algum buraco sifilítico apareça, a cena toda é vergonhosa para a raça humana."

Nenhum comentário:

Postar um comentário