Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 20 de junho de 2010




Tensão e Loucura

"Sem problemas. Era quase desapontador, pois parecia que sem tensão e loucura a minha vida cotidiana não oferecia muito em que me agarrar."


So Fucking Special


"Todo mundo se imagina especial, privilegiado, isento. Até uma velha coroca horrorosa regando um gerânio na varando pensa isso. Eu me achava especial porque tinha escapado das fábricas aos 50 anos e me tornado poeta. Grande bosta. Então, eu cagava na cabeça de todo mundo, que nem os chefões e capatazes tinham cagado na minha, quando eu vivia desvalido. Era a mesma coisa ao contrário. Eu não passava de um bebum sacana e mimado com uma pequena, pequeníssima fama."

Sábado à Noite


"Claro que as noites de sábado eram as melhores. A gente tinha o domingo inteiro pra curar a ressaca. Na maioria das vezes apenas se arrumava outra, mas pelo menos no domingo de manhã não se precisava ficar dando duro numa agência de acessórios em troca de um salário de merda, num emprego que, no fim, se acabava largando ou indo pro olho da rua."

Terapia

"Ah, fodam-se, já bastam os problemas que a gente tem. Eu nunca sabia de onde tirar dinheiro para pagar o aluguel e a nossa ressaca diária reforçava a minha falta de disposição para procurar emprego. Toda vez que nos preocupávamos, a única solução era foder. Ajudava a esquecer um pouco. Fodíamos a beça e, para sorte minha, Linda era boa de cama. O hotel inteiro vivia cheio de gente como nós, tomando vinho e fodendo, sem saber o que vinha pela frente. Volta e meia alguém saltava pela janela. Mas sempre, quando tudo indicava que a gente teria que se contentar em comer a própria merda, o dinheiro surgia, como por encanto na nossa mão. O que quer dizer que, quando a gente é bêbado, tem que ter sorte. E quando não é também tem."


Classe

"Classe é muito importante, muita gente sai por aí gritando a verdade, mas sem classe não adianta nada."

sábado, 19 de junho de 2010


Mulheres...


"Mulheres. Gostava das cores de suas roupas, do jeito delas andarem, da crueldade de certas caras. Vez por outra, via um rosto de beleza quase pura, total e completamente feminina. Elas levavam vantagem sobre a gente: planejavam melhor as coisas, eram mais organizadas. Enquanto os homens viam futebol, tomavam cerveja ou jogavam boliche, elas, as mulheres, pensavam na gente, concentradas, estudiosas, decididas: a nos aceitar, a nos descartar, a nos trocar, a nos matar ou simplesmente a nos abandonar. No fim das contas, pouco importava; seja lá o que decidissem, a gente acabava mesmo na solidão e na loucura."

Padrão de Beleza

"Fui abrir o chuveiro. Tinha uma foto de um homem na parede do banheiro - moreno, cabelo comprido, boa pinta padronizada, deixando transparecer a idiotice costumeira. Seus dentes brancos me sorriam. Escovei o que restava dos meus dentes desbotados."


Dilemas

"Se eu tivesse que escolher entre parar de beber e trepar, acho que eu ia ter que parar de trepar."





New York, New York...

"Lá fora o sol se punha e todo mundo se sentava nas escadas de incêndio pra apanhar sombra e brisa. O povo de Nova Iorque estava ali sentado, tomando cervejas e refrigerantes gelados. Eles iam tocando o barco e fumando seus cigarros. Só de estarem vivos já era uma vitória. Eles decoravam as escadas de incêndio com plantas. Se viraram com o que tinham à mão."



Um grande mistério


"Diminuí um pouco a bebida na semana seguinte. Fui ás corridas pegar ar fresco, sol e andar bastante. Á noite, fiquei bebendo e tentando adivinhar como é que eu ainda estava vivo, como é que o esquema funcionava."


Fonte Inesgotável


"De onde vinham todas as mulheres? A fonte era inesgotável. Cada uma delas era única, diferente. Tinham xoxotas diferentes, peitos diferentes e davam beijos diferentes; mas nenhum homem conseguiria sorvê-las todas. Elas eram muitas, cruzando suas pernas e botando os homens malucos. Que loucura!"



Todos Iguais

" Dee Dee sabia umas coisas da vida. Ela sabia que o que acontece pra um, acontece também pra maior parte da tribo. Nossas vidas não são tão diferentes, embora a gente goste de achar que são."



Mulheres...


" Uma dança desvairada, a mil, ia rolando...
O garotão dos cachinhos dourados erguia as mãos pro ar. Lydia se espremia contra ele. Era dramático, erótico. Os dois levantavam as mãos pro ar e colavam o corpo um no outro. Corpo contra corpo. Ele quicava os pés atrás, um de cada vez. Lydia o imitava. Se olhavam no olho. Eu tinha que admirar que eles eram bons naquilo. O disco girava, girava por fim, acabou.
- Você se preocupou com aquele cara, né?- ela perguntou.
- É.
- Por quê?
- Parecia um trepada, quase; talvez melhor.
- Aquilo não queria dizer nada; era só dança.
- Imagine se eu agarrase uma mulher na rua daquele jeito. Com música ficaria tudo bem?
- Sabe como é que se chama um cara que nem você?
- Não.
- Se chama desmancha prazeres.


Diversão garantida


"Não existe melhor espetáculo que os outros, e nem é preciso pagar entrada."

sexta-feira, 18 de junho de 2010



Bukowski, "o lutador
"

"A quantos intervalos um homem tem direito na luta pela vida? Os deuses estavam sendo bondosos comigo ultimamente. Seria um teste? Um ardil? Primeiro, vamos cervar o Chinaski, depois rachamos ele em dois. Sabia que isso podia acontecer. Eu ia levando. Já tinha ido um bom par de vezes á lona e não dispunha de mais de dois rounds pela frente..."



High Society


"Tinha esquecido que certas pessoas vivem no bem-bom, enquanto a maior parte do resto comia a própria merda de café da manhã. Quem vive onde eu vivia acaba achando que todo lugar no mundo é a mesma porcaria."


Trabalho Pesado


"- Quando é que você volta a trabalhar?
- Você quer me ver trabalhando?
- Não, mas você tem que viver, né ?
- É, mas você também não tá trabalhando. Além disso, de certa forma, eu já estou.
- Quer dizer, que você vive pra escrever depois?
- Não, eu só existo. Daí mais tarde, eu tento lembrar de umas coisas e boto elas no papel."



Mulheres...


"É fácil escrever sobre putas, mas escrever sobre uma boa mulher é muito mais dífícil"

sexta-feira, 11 de junho de 2010







Diarréia Musical


"Sempre detestei estéreos. Quando se vive em lugares pobres sempre se ouve o barulho dos outros, inclusive suas trepadas; porém, o mais irritante era ser forçado a ouvir a música deles no volume máximo: horas de vômito total. Pra completar, eles ainda deixavam as janelas abertas, confiantes de que você iria apreciar o que ele apreciam."


Culpa


"Tentei me convencer de que a culpa não passava de uma doença. Que são homens sem culpa que progridem na vida. Homens capazes de mentir, trapacear, homens que conhecem todos os atalhos. Cortez. Esse não perdia tempo. Nem Vince Lombardi. Mas não adiantava muito pensar e repensar nisso, pois continuava me sentindo péssimo. Resolvi ir fundo nisso. Me agarrar ao confessionário. Ser católico de novo. Botar tudo pra fora e esperar pelo perdão."



Dilemas..
.


"Se quiser beber, beba; se quiser foder, jogue fora a garrafa."

sábado, 5 de junho de 2010



Mulheres...

"Essa cadela da Tessie com a sua saia vermelha curta e meias de nylon... pensei comigo, ao pagar o homem da loja de bebidas. Aposto que ela já liquidou com pelos menos uma dúzia de bons homens, sem nem pensar no caso. Descobri que o problema dela não era pensar. Ela não gostava de pensar. E tudo bem, já que não há leis contra isso. Mas, quando ela chegasse aos 50 dali a poucos anos, então ia começar a pensar! Ia virar uma mulher amarga dentro de um supermercado, de óculos escuros na cara balofa e infeliz, atropelando as canelas das pessoas na fila do caixa, com seu carrinho de compras cheio de ricota, chips, costelas de porco, cebolas e meia-garrafa de Jim Beam."


Analogia

"O amor é pros que aguentam a sobrecarga psíquica. É que nem tentar carregar uma lata de lixo abarrotada nas costas, nadando contra a correnteza num rio de mijo."


Cavalheirismo

"Que merda. Tinha umas garotas bem bonitas no lugar, mas elas só olhavam e sorriam. Umas não olhavam nem sorriam. Imaginei que essas deviam me detestar por causa das minhas atitudes em relação às mulheres. Ora, vão se foder."




Mais Tristes que a Morte


"Torneiras pingando, arroubos de paixão, pneus furados - todos são mais tristes que a morte."




Sociabilidade


"De alguma forma, nunca consegui me ajustar na sociedade. Não gosto da humanidade. Não tenho o menor desejo de me ajustar, nenhum senso de lealdade, nenhum objetivo de fato."