Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 11 de junho de 2010



Culpa


"Tentei me convencer de que a culpa não passava de uma doença. Que são homens sem culpa que progridem na vida. Homens capazes de mentir, trapacear, homens que conhecem todos os atalhos. Cortez. Esse não perdia tempo. Nem Vince Lombardi. Mas não adiantava muito pensar e repensar nisso, pois continuava me sentindo péssimo. Resolvi ir fundo nisso. Me agarrar ao confessionário. Ser católico de novo. Botar tudo pra fora e esperar pelo perdão."

Nenhum comentário:

Postar um comentário