Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010




A Sabedoria do Escravo

"Não sei como é pras outras pessoas. Eu tinha de sustentar uma criança, precisava de algo pra beber, precisava pagar o aluguel, comprar sapatos, camisas, meias, essa coisarada toda. Como todo mundo, precisava dum velho carro, de comida, todas as pequenas regalias. Como mulheres. Ou como um dia nas pistas de corrida. Com todas as coisas em marcha e sem jeito de fugir, você nem pensa sobre isso. Bem, como os rapazes diziam, você tinha de trabalhar em algum lugar. Assim aceitavam o que houvesse. Essa era a sabedoria do escravo."

Nenhum comentário:

Postar um comentário