Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 29 de março de 2010



Heróis


"Em geral, tinha essas visões quando era um escritor faminto, meio louco, incapaz de me adaptar a sociedade. Tinha pouca comida, mas muito tempo. Quem quer que fossem os escritores, eram mágicos para mim. Abriam portas de um jeito diferente. Precisavam de uma bebida forte ao acordar. A vida era demais para eles. Cada dia era como caminhar sobre cimento fresco. Fiz deles meus heróis. Me alimentava deles. Minhas idéias sobre eles me sustentavam no meu lugar nenhum."

Um comentário: