Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 12 de abril de 2010





Desprendimento

"Eu costumava dizer: "Leve minha mulher, mas deixe meu carro em paz". Eu jamais mataria um homem que tivesse me levado a mulher, mas seria capaz de matar o cara que roubou meu carro."

Nenhum comentário:

Postar um comentário