Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 24 de maio de 2010



Bukowski, "o metrossexual "

"Eu estava com o casaco do meu pai, já morto, e que era muito folgado pra mim. Minhas calças eram muito compridas, as barras cobriam os sapatos, o que era até bom, pois minhas meias não se combinavam, e os saltos estavam completamente gastos. Detestava barbeiros; por isso, cortava eu mesmo meu cabelo, quando não arranjava nenhuma mulher pra fazer isso por mim. Não tinha paciência pra fazer a barba, nem gostava de barbas longas; assim, a cada duas ou três semanas eu dava umas tesouradas nela. Minha vista era ruim, mas eu só usava óculos pra ler. Eu tinha dentes próprios, embora não fossem muitos. De tanto beber, minha cara e nariz ficaram vermelhos, e a luz doía nos meus olhos, o que me obrigava a enxegar através das frestas mínimas."

Nenhum comentário:

Postar um comentário