Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 17 de setembro de 2010




Mais uma dose?


"Nunca pedi para ser do jeito que sou
Nunca quis que minha vida fosse assim
mas suponho que não há motivo para se queixar
Para quem é que eu vou me queixar?


Eu quero uma forma vazada

que guie as lamúrias do mundo

quero um peru grande e gordo todos os dias do ano
e não somente no dia de Ação de Graças

quero paz, a
paz desses vampiros esquisitos
que não querem me deixar sozinho
eu quero a morte tanto quanto quero a vida

A única diferença entre elas
é que a morte é muito fácil

e eu sempre tenho uma
para que não haja discordância

quero me levantar, algum dia, antes do meio-dia
quero bater punheta até me entediar
quero ver o deserto, em segurança,

de dentro do meu carro com ar condicionado.



eu vou querer uma outra dose! "

Nenhum comentário:

Postar um comentário